5S nas empresas: Dicas para aplicar a metodologia no seu negócio

Quando um negócio não vai bem é muito comum culpar o mercado pelos maus resultados. Mas antes de partir para isso, o mais indicado é olhar para dentro da empresa. Numa análise criteriosa de todos os processos pode ser possível identificar falhas que por menores que sejam acabam influenciando na execução de tarefas e nas entregas aos clientes. Às vezes o que está atrapalhando nem está diretamente ligado ao produto ou serviço. É algo relacionado à gestão, à rotina e ao comportamento da equipe. É nesta hora que a aplicação da metodologia 5S nas empresas ajuda a colocar o “trem” nos trilhos ou o  faz andar da forma correta, caso ainda esteja parado.

Os 5S nas empresas funciona exatamente desta forma: uma série de atividades são revistas e um novo modelo de gestão é colocado em prática, sempre com o envolvimento de todos. Isso está ligado à origem dos 5S. A metodologia nasceu no Japão no período de reconstrução do país após a Segunda Guerra e aos ataques atômicos à Hiroshima e Nagasaki. Os japoneses buscaram na organização a base para que pudessem não somente seguirem em frente, mas também avançar e se tornarem uma potência econômica.

No mundo corporativo, a metodologia 5S nas empresas se tornou mais conhecida em meados dos anos 90 quando a busca pela qualidade total se tornou foco na maioria das empresas – inclusive nas micro. Parte desse aumento da aplicação tem a ver com o fato do 5S ajudar a otimizar recursos e tempo. Também era um ingrediente para criar o clima motivacional adequado para a execução de novos processos visando a conquista de certificados de qualidade como o ISO-9000 e o ISO-14000.

5S nas empresas

5S nas empresas impacta no desempenho de todos

Cada um dos cinco “S” significa uma meta ou uma atitude que deve ser tomada. O objetivo é que cada “S” seja parte de um alicerce para que a empresa possa dar conta de sua atividade-fim de forma organizada, produtiva, inovadora e, principalmente, com qualidade. Ou seja, a aplicação do 5S nas empresas é o oposto do desleixo, da falta de cuidado com tudo dentro da empresa e da falta de comprometimento da equipe. Numa empresa com 5S, papel não fica jogado no chão, equipamentos são usados com zelo e todo o ambiente da empresa “respira” organização.

Na tradução para o português, cada ação ganhou o acompanhamento da palavra “senso”, reforçando a importância de sua aplicação.

No Japão No Brasil
Seiri Senso de utilização
Seiton Senso de organização
Seiso Senso de limpeza
Seiktesu Senso de padronização
Shitsuke Senso de autodisciplina


Como os 5S funcionam na prática

Em linhas gerais, a aplicação do 5S nas empresas impacta no desempenho de todo o negócio por envolver processos e comportamentos. Confira como cada “S” funciona na prática.

Senso de utilização

A ideia por trás deste “S” é de reduzir ao máximo a quantidade de objetos e utensílios que não são essenciais para a execução das tarefas. Ou seja, tudo o que seu funcionário não precisa usar deve ser guardado ou descartado para que só o necessário ocupe espaço. Desta forma, há mais agilidade para encontrar e usar aquilo que é realmente essencial.

Senso de organização

A metodologia 5S nas empresas não precisa ser aplicado numa sequência, mas o senso de organização pode ser colocado em prática junto com o de utilização ou logo após. A palavra-chave é produtividade. Sua equipe ganha tempo e agilidade ao deixar as ferramentas e equipamentos à mão, em ordem

Senso de limpeza

Pode até parecer óbvio, mas é importante adotar uma rotina de limpeza diária de todas as áreas da empresa. No caso das microempresas, crie rodízios para que todos possam se responsabilizar pelo lixo até como forma de incutir o senso de limpeza em todos e não somente no gerente de área ou no dono da empresa.

Senso de padronização

Manter padrão é um desafio e tanto em qualquer ramo – da padaria à agência de marketing digital. É preciso encará-lo para que a partir da padronização se possa evitar perdas e desperdícios (de tempo e de recursos) simplesmente porque não se consegue repetir uma receita ou um procedimento.

Senso de autodisciplina

A autodisciplina é o senso que deve estar presente no dia a dia de todos dentro da empresa. É o que norteia o sucesso na aplicação dos outros “S”. Isto é, todos devem estar cientes do cumprimento das metas relacionadas à utilização, organização, padronização e limpeza e a partir disso cuidar para que sejam sempre cumpridas.

O papel da liderança na aplicação do 5S nas empresas

Para que uma metodologia como a 5S nas empresas seja aplicada com sucesso é essencial que você, na condição de empreendedor, exerça sua liderança. Sem isso, se torna mais complicado envolver todos em torno de cada um dos “S” até porque é necessário lidar com hábitos e comportamentos. É preciso motivar, mostrar os ganhos e gerar maior satisfação entre os colaboradores.

Para isso, um dos caminhos é buscar formação, participando de cursos voltados para a aplicação a metodologia 5S nas empresas. Um desses cursos é online e oferecido pelo Sebrae. O D-Olho na Qualidade: 5Ss para os pequenos negócios tem duração de 16h e previsão de encerramento em até 30 dias. E além de apresentar todos os caminhos para o microempresário aplicar o 5S, o curso também ajuda a fazer um diagnóstico, o que pode servir para que você possa identificar prioridades e assim ganhar tempo nas mudanças para melhores resultados.

Saiba mais sobre o curso e faça sua matrícula.

CRM_atraia_fidelize_satisfaça

Deixe seu comentário