Férias para o empreendedor: oportunidade de crescimento para o negócio

Como ser um empreendedor (sem se decepcionar depois)

Depois de muito tempo trabalhando, sem uma pausa considerável para descansar, o corpo e a mente vão dando sinais de que está na hora de tirar umas férias. Um dos maiores problemas enfrentados pelos empreendedores nesse momento é: “quem vai cuidar do meu negócio?” Essa pode ser uma boa oportunidade para você destacar talentos e conhecer as lideranças presentes na sua organização e descansar por uns dias, para voltar renovado em ideias e disposição.
Entenda o porquê é necessário tirar férias e de que forma você pode fazer isso tranquilamente.

O corpo pede: um dos primeiros efeitos de quem está sobrecarregado são os sinais do corpo. Doenças como gastrite, enxaqueca e ansiedade, indicam estresse excessivo causado por preocupações e ausência de um tempinho “off” da rotina. Se você se recusar a se afastar para descansar, o distanciamento será inevitável, mas não para um lugar diferente com a família, e sim para um quarto de hospital. Não deixe esse ponto chegar.

Quer inovar? O primeiro passo para quem quer colocar a criatividade em prática e inovar no negócio é pensar um pouco fora da caixa, com uma visão afastada dos problemas rotineiros. Tirar férias não significa que você esquecerá que tem uma empresa durante os dias de descanso, mas sim que você não resolverá os problemas com clientes, funcionários e outras questões durante esse tempo. Se afastar do trabalho pode ajudar você a encontrar soluções inovadoras que farão o seu negócio crescer cada vez mais.

Prepare alguém para assumir as responsabilidades: analise no seu quadro de funcionários aquele colaborador que tem espírito de liderança e que saiba delegar funções. Ensine, mostre de que forma você gerencia as atividades e funcionários. É necessário que essa pessoa domine os processos da empresa e entenda sobre o seu negócio, para que não seja necessário o envolver na resolução dos problemas.

Desenvolva o autogerenciamento na equipe: essa função pode auxiliar você a encontrar o substituto de responsabilidade para assumir suas funções. Crie uma cultura de autoliderança e faça com que os colaboradores trabalhem sozinhos, sem a necessidade de supervisão constante. Cobre proatividade e entregas mais completas, sem depender de ordens para agir. Essa cultura inspira o sentimento de dono, onde todos farão o possível para que tudo dê certo.

Tire férias sem interrupção: quando decidir o momento certo para se afastar do trabalho e descansar, não permita que lhe incomodem com assuntos rotineiros. Deixe que resolvam as questões da forma como você os inspirou e motivou.

Como todo profissional, o empreendedor precisa de férias, ainda mais por assumir um posto que responsabilidade e estresse contínuo. Encare esse medo de deixar a empresa nas mãos de outra pessoa como um desafio. Esse pode ser um momento de reconhecer grandes talentos que podem contribuir ainda mais para o crescimento do seu negócio. Pense coletivamente!

Se precisar de auxílio para empreender, conte com o Sistema de Inteligência do SEBRAE! Cadastre-se gratuitamente aqui.

Deixe seu comentário