O que é social selling e quais os benefícios para sua empresa

O marketing digital adicionou novos termos ao vocabulário das equipes de marketing e vendas. Você já ouviu falar, por exemplo, de social selling? O que na tradução livre significa venda social, nada mais é do que utilizar redes como Facebook, Twitter, Instagram e LinkedIn para gerar relacionamento com seus potenciais clientes.

social selling

Esse é um recurso eficiente para quem deseja expandir seu negócio com agilidade. Afinal, estamos falando de um universo gigantesco. Somente o Facebook conta com mais de 2 bilhões de usuários. O Instagram tem outros 800 milhões (50 milhões apenas no Brasil) e o Twitter chegou aos 330 milhões.  

Além de grande, é rentável, já que os consumidores que utilizam as redes sociais para se relacionar com as marcas têm orçamentos 84% mais altos daqueles que não as usam. A informação foi divulgada recentemente em uma pesquisa da Sales for Life, empresa canadense que atua nesse segmento. A consequência disso, segundo o mesmo levantamento, é que os social sellers têm uma eficiência 66% maior nas vendas do que os vendedores que utilizam as técnicas tradicionais de prospecção.

Como adotar uma estratégia de social selling

Se o relacionamento e a confiança são a base para o sucesso de qualquer negócio, o social selling cumpre bem esse papel. Primeiro porque ele pode ser um caminho para evitar o que no marketing é conhecido como cold calling, o controverso telemarketing. As redes sociais conseguem fazer a aproximação de maneira mais sutil e eficaz por possuírem ferramentas que detectam o perfil de usuário mais adequado à sua marca.

E o melhor é que elas podem ser utilizadas nas várias etapas do funil de vendas. Mas antes de encaixá-las na sua estratégia, fique atento a alguns pontos importantes:

  • defina quem é o seu cliente, a buyer persona do seu negócio;
  • veja em quais canais ela mais está presente. O LinkedIn costuma ser a rede ideal para o B2B, enquanto Facebook, Instagram e Twitter são mais focados no B2C;
  • construa uma marca profissional e use as páginas da sua empresa nas redes para encontrar perfis de usuários ou influenciadores que combinem com o propósito do seu negócio;
  • compartilhe conteúdo próprio e relevante.

Algumas ferramentas ajudam no trabalho de monitoramento das redes sociais. Soluções como Tweetdeck, Iconosquare, RD Station e Hootsuite permitem acompanhar as menções à marca e avaliar o engajamento da base de seguidores. São recursos importantes na hora de definir como será a estratégia de social selling da sua empresa.

Fique de olho no Instagram

Quando falamos em relacionamento marca x cliente via redes sociais o primeiro canal que nos vem à mente é o Facebook, certo? Pois saiba que embora a empresa de Mark Zuckerberg ainda seja a mais utilizada pelas marcas, outras vêm apresentando crescimento bastante significativo.

É o caso do Instagram. O estudo Mídias Sociais 360º, da Fundação Armando Alvares Penteado (Faap) e da Socialbakers, mostra que a média de seguidores por marca nessa rede superou um milhão de pessoas em 2017. O número é 2000% maior do que havia sido registrado três anos antes.  

Mas para fazer um bom social selling no Instagram é preciso prestar atenção em algumas particularidades:

  • fotos com altíssima qualidade

    Por ser uma rede extremamente visual, a resolução das imagens pode ser um fator decisivo para conquistar a confiança dos clientes. A proporção ideal para suas fotos no Instagram é de 152×152 pixels.

    Dica: o site Freepick oferece gratuitamente imagens em alta qualidade que podem ser aproveitadas nas redes sociais das empresas (não esqueça de dar o crédito da imagem).

  • uso de hashtags

    Esse elemento (#) é essencial para que suas postagens atinjam um público maior. Geralmente as grandes marcas criam suas próprias hashtags para poder acompanhar com eficiência a interação dos usuários. 

  • inserir a localização

    Inserir hashtags específicas ajuda a tornar seu negócio mais conhecido nas regiões em que atua (por exemplo: #sc #sp, etc.);

    Dica: pesquise as tags relacionadas ao seu produto e siga os usuários que as utilizam.

  • digital influencer

    a figura do influenciador digital é uma grande parcela do sucesso do Instagram. As parcerias com figuras públicas no mundo digital ajudam a aumentar o engajamento da sua página. Eles costumam ser de nichos específicos, falam sobre moda, família, games, design, etc. Portanto, escolha alguém que esteja dentro do propósito do seu negócio;   

  • stories

    Essa é uma ferramenta importante para o social selling, pois permite que as marcas compartilhem conteúdo mais pessoal, que tenha uma voz. É uma ótima maneira de utilizar um dos recursos que vêm ganhando cada vez mais força no marketing digital: os vídeos ao vivo;

    Dica: mostre os “bastidores” da sua empresa ou apresente teasers (elementos que chamem a atenção) de novos produtos.

No eBook Atendimento ao cliente: novos canais de relacionamento nas mídias digitais apresentamos outras ferramentas que podem ser utilizadas por pequenas empresas para atrair e reter mais clientes.

Quer aprimorar seus conhecimentos em marketing? O Sebrae Santa Catarina oferece alguns cursos nessa área. Um deles é o Marketing Digital – oportunidade de ouro para crescer o seu negócio, desenvolvido em parceria com a Resultados Digitais, que explica como usar o Inbound Marketing para expandir o seu negócio.

atendimento_midias_sociais_CTA