Smart city: conheça as cidades do futuro

Você já deve ter lido aqui no Blog como a Internet das Coisas está mudando o modo como as pessoas consomem, abrindo as portas para o empreendedorismo e inovação. Nesse contexto de transformação tecnológica surge outro protagonista: a smart city. Você conhece o termo ou sabe o que é uma smart city? Sabe como ela está transformando o modo com as cidades se organizam? E mais: sabe como tirar vantagem disso para tirar do papel aquela sua ideia de começar a empreender? Confira neste artigo.

smart city

O futuro das cidades sempre foi alvo de especulações, principalmente nas séries e filmes de ficção científica como “Os Jetsons” ou “De Volta para o Futuro 2”. Estreado em 1989, o filme dirigido por Robert Zemeckis trouxe referências de como seria a sociedade em 2015, arriscando nas previsões tecnológicas para o futuro.

Quase três décadas após o lançamento do filme, postos de gasolina que enchem o tanque do carro automaticamente, skates voadores ou calçados que se amarram sozinhos ainda não são uma realidade para todos. Isso porque os filmes se limitaram a pensar em invenções físicas, mas sem pensar a fundo na conectividade para fazê-las acontecer.

Atualmente, a combinação de ambos os fatores — produtos e tecnologias — vem sendo cada vez mais praticada. Tudo isso contribuiu para a criação do conceito de Smart City.

Smart city: qual será então o futuro das cidades?

A tradução do termo significa “cidade inteligente”, levando a onda “smart” também para os centros urbanos, construindo uma nova forma de pensar os espaços públicos e de que forma eles irão se conectar com as pessoas.

O conceito das cidades inteligentes se refere ao desenvolvimento urbano que priorize a tecnologia como eixo fundamental do planejamento. Ou seja, espaços públicos, comércios, transporte e outros meios estarão conectados à internet para prover informações em tempo real da cidade.

Em suma, smart city diz respeito às cidade que têm uma visão de planejamento urbano que esteja conectado à tecnologias de informação por meio da internet das coisas. Não está conseguindo imaginar como seria uma cidade inteligente? Talvez o exemplo abaixo possa elucidar:

Imagine uma cidade onde os latões de lixo estão conectadas às empresas de coleta para informar quais deles devem ser prioridade naquele dia. Ou onde sensores estão implementados nos semáforos para determinar onde há mais fluxo para deixar o sinal aberto por mais tempo, melhorando o tráfego e diminuindo os congestionamentos.

Importante: o conceito de cidades inteligentes está mudando também o mercado imobiliário, criando novas regiões onde a infraestrutura e os serviços oferecidos são capazes de valorizar ainda mais os imóveis.

Quais os desafios e qual a perspectiva das smart cities para o futuro?

Um dos maiores desafios da implementação do conceito “smart” é integrar a grande quantidade de inovações em cidades que se desenvolveram na era pré-internet. Ou seja, os espaços públicos, residências, comércios e até mesmo vias de transporte foram projetados em uma época em que era impossível de imaginar a expansão de tantas tecnologias diferentes.

Por este motivo, é extremamente necessário que as empresas saibam fazer escolhas para criar soluções que se façam eficazes para a população e que sejam comercialmente viáveis e possíveis de implementar. Outro protagonista importante para implementação das smart cities são os governos, que precisam tomar medidas para regulamentar e incentivar a expansão das tecnologias de forma sustentável.

Mas você deve estar se perguntando: e onde entra o empreendedorismo nisso tudo? As smart cities podem parecer um futuro distante, mas a verdade é que existe uma grande variedade de ramos e setores onde as empresas podem imaginar produtos ou serviços inteligentes. Entre eles estão soluções de infraestrutura, gestão e otimização de tráfego de veículos e pessoas, gerenciamento inteligente de água e energia, segurança conectada à rede e coleta e descarte de resíduos.

É importante destacar que neste contexto surge uma grande oportunidade para o empreendedorismo. Com a ascensão das startups, das incubadoras e aceleradoras — o suporte e o financiamento a projetos de inovação podem tornar mais fácil tirar uma ideia do papel.

Gostou do conteúdo? Compartilhe conosco suas dúvidas, comentários e sugestões. Em nosso Blog você encontra uma série de artigos sobre empreendedorismo, inovação e sobre o ecossistema de tecnologia de Santa Catarina. O Portal de Atendimento oferece materiais e cursos para você aprender cada vez mais e alavancar seu negócio. Não deixe de conferir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *