Novas formas de pagamento: como oferecer facilidade aos clientes

formas de pagamento

As formas de pagamento oferecidas ao cliente podem ser decisivas para levá-lo a concluir ou desistir de suas compras. Afinal, ter dinheiro vivo sempre não faz parte da realidade de muitos brasileiros. Uma pesquisa feita pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) revela que 69% parcelam as compras no cartão de crédito.

Outras formas de pagamento podem mudar esse cenário e facilitar a vida dos consumidores. Os benefícios serão percebidos não só pelos clientes, mas principalmente pelas empresas que podem aumentar seu faturamento. Neste artigo, você vai conhecer 6 novas formas de pagamento para oferecer ao seu cliente. Confira!

Formas de pagamento: conheça 6 novidades para ter em sua empresa

 

1. Carteira digital

A carteira digital utiliza os dados bancários do cliente que estão armazenados em um ambiente seguro. Por meio dessas informações, o consumidor pode fazer transações online ou pagamentos dentro dos aplicativos instalados em seu celular. Basta ter as informações de seu cartão de crédito ou conta inseridos no sistema. 

O recurso é bastante comum em sistemas operacionais de smartphones, como Android e iOS. O usuário registra suas informações de pagamento no aparelho e, sempre que for realizar uma compra em algum app, autoriza a transação diretamente no celular.

2. Autopagamento

Nesse tipo de pagamento, não é necessário ter um profissional fazendo os recebimentos. O cliente faz a compra e o pagamento diretamente por uma conta digital. É possível adicionar créditos a essa conta, que são descontados de acordo com a aquisição de produtos. 

A Amazon Go é um exemplo que utiliza essa forma de pagamento. O cliente realiza suas compras, não passa por nenhum caixa e a transação é cobrada automaticamente por uma conta da Amazon. 

3. QR Code

O QR Code é um código de barras bidimensional. Para fazer o pagamento, basta que o produto tenha um QR Code e o cliente tenha um aplicativo que permite a leitura do código. 

A câmera do smartphone deve ser direcionada para ler o código, assim como um leitor de código de barras. O aplicativo identifica o QR Code e faz a cobrança. O recurso também permite o acesso a promoções exclusivas. 

4. Near Field Communication (NFC)

A utilização, para o cliente, é semelhante a do QR Code, porém a transação acontece por aproximação. O consumidor aproxima seu smartphone da máquina de cartão ou de outro smartphone. Por meio de uma radiofrequência, acontece a conexão e a transmissão dos dados de pagamento. 

5. Criptomoedas

As criptomoedas ficaram conhecidas no mercado financeiro por causa de sua ascensão na bolsa de valores. O recurso também pode ser usado como forma de pagamento. Seus códigos podem ser convertidos em um valor real. 

As criptomoedas ficam guardadas em carteiras digitais e podem ser administradas por meio de smartphones ou computadores. A informação dos seus valores são codificados e apenas quem vai receber o pagamento pode decodificá-lo. É possível utilizar essa forma de pagamento no Japão ou para pagamentos de compras dentro do Apple Pay e Google Pay. 

6. WhatsApp

O recurso de pagamento do WhatsApp ainda não está disponível no Brasil, mas já está em teste em outros países. O site WABetaInfo divulgou recentemente que a forma de pagamento será lançada em breve no país. 

Vale a pena acompanhar as atualizações sobre essa notícia, pois essa forma de pagamento pode beneficiar as empresas que utilizam o WhatsApp como canal de vendas. 

Continue utilizando outras formas de pagamento

Acompanhar as tendências e investir em tecnologia aumentam a competitividade das empresas no mercado. Por outro lado, é importante estar atento para as necessidades do cliente e identificar o seu padrão de comportamento. 

De acordo com um levantamento realizado pelo Banco Central, 60% da população brasileira prefere fazer o pagamento das suas compras com dinheiro. O levantamento também mostrou que o cartão de débito é usado por 22% dos consumidores e o cartão de débito é usado por 15%. 

Esteja atento para as mudanças no mercado, mas acompanhe principalmente as necessidades e o comportamento dos seus clientes. Só assim você conseguirá garantir que todos consigam comprar em sua loja. Quer saber como aumentar as vendas na sua empresa? Confira a lista de cursos que todo empreendedor deve fazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *