Professor 4.0: entenda a importância de desenvolver soft skills em meio à transformação digital

As soft skills (habilidades socioemocionais) estão ganhando cada vez mais destaque em diversos setores. Na educação, o tema deixa de ser apenas voltado ao desenvolvimento dos alunos e ganha um espaço na rotina de educadores que buscam, não apenas se adaptar ao novo cenário trazido pela transformação digital, mas entender como suas habilidades comportamentais podem conduzir uma formação mais ética e humana para seus alunos.

Com o distanciamento social, desafios como oferecer aulas remotas e manter os alunos engajados por mais de 50 minutos em apenas uma tela tem sido bastante comum para, pelo menos, 83% dos professores brasileiros.

Esse número foi revelado em uma pesquisa realizada pelo Instituto Península, onde 90% dos educadores entrevistados dizem nunca ter dado aula remotamente antes da pandemia e 55% afirmam não ter recebido qualquer suporte ou capacitação durante esse período.

Está sendo preciso se reinventar e aprender de novo para depois ensinar. Mais do que ensinar disciplinas, o professor precisa viver e mostrar a importância do aprendizado contínuo e é aí que entram as soft skills!

O que são as soft skills?

Chamamos de soft skills as competências comportamentais de uma pessoa. Segundo Daniel Golemam, autor do Livro “Inteligência Emocional”, habilidades como resiliência, empatia, colaboração e comunicação são características importantes que separam profissionais incríveis dos medianos.

É importante ter em mente que habilidades socioemocionais são mais difíceis de desenvolver, é um processo longo e que deve ser aprimorado ao longo da jornada profissional e pessoal, diferente das habilidades técnicas (mais conhecidas como hard skills) que você pode simplesmente aprender ou mensurar, como falar outro idioma ou dominar uma ferramenta.

Mas se o professor é o profissional responsável por formar todas as outras profissões, de que maneira ele pode desenvolver e cultivar novas competências socioemocionais em seus acadêmicos?

Sabemos que o papel do educador vai muito além de simplesmente ensinar um conteúdo teórico/prático, é ele quem conduz uma formação ética e humana para seus alunos, independente das ferramentas à disposição da educação, é importante que esse “lado humano” esteja sempre presente.

Sabemos que o papel do educador vai muito além de simplesmente ensinar um conteúdo teórico/prático, é ele quem conduz uma formação ética e humana para seus alunos, independente das ferramentas à disposição da educação, é importante que esse “lado humano” esteja sempre presente.

E quais são as principais habilidades comportamentais que os educadores precisam desenvolver?

banner-criatividade

Definitivamente esse é o segredo para tirar os alunos da zona de conforto e ainda pode se tornar uma marca registrada do professor. Comandar as aulas com mais criatividade é despertar um sentimento de surpresa com o aprendizado.

Esse exercício é perfeito para que você, como professor, esteja sempre em busca de inovação, e excelente para os alunos que, além de receber novas informações, vão experienciar esse momento com mais atenção e consequentemente acrescentarem novas soft skills em seu repertório pessoal e profissional.

Para te ajudar nessa trajetória, separamos alguns minicursos gratuitos e 100% online:

>> Ciclo de Aprendizagem Vivencial

> Acesse seu Potencial Criativo

> Como criar engajamento em sala de aula?

banner-mediacao-e-facilitacao

É importante ressaltar que o professor não ocupa mais o papel de expositor de conteúdo, mas sim de mediador de conhecimento. O desafio nesse momento é fazer o aluno participar da aula e não apenas assisti-la, facilitando o aprendizado e a prática de resolver problemas de maneira ágil e eficaz.

Assista aos minicursos abaixo e entenda mais sobre o assunto!

>> O uso de estruturas para a participação ordenada em sala de aula

> Princípios da facilitação de grupos

> Navegue em suas aulas com maestria e flexibilidade

> O que preciso saber para tornar-me o professor do futuro?

> Técnicas de grupo para mediar a aprendizagem em sala de aula

banner-experimentacao-constante

Essas práticas são um constante fermento para a criatividade. Os alunos veem de longe quando o professor busca trazer novas estratégias de aprendizagem e aqueles que estão estacionados no tempo.

Experimentar novas alternativas de ensino ajudam o educador a compreender que esse tipo de ação contribui para manter os alunos engajados com o conteúdo proposto e ainda ampliam as oportunidades de construírem suas soft skills.

Veja no minicurso abaixo como é possível experimentar novos formatos de conteúdo para engajar os alunos:

> Não tenha medo de arriscar em sala de aula

banner-compartilhe-experiencias

Que professor nunca aprendeu algo de novo com os alunos? E essa é a magia do negócio. O professor não é o único que possui conhecimento em sala de aula, e dar abertura aos alunos para que eles possam expor o que sabem e aprendem só demonstra que você está disposto a criar novas pontes e mediar informações que vão acrescentar ainda mais esses conhecimentos.

Faça das suas aulas um verdadeiro laboratório de experiências e descobertas incríveis, se dê a oportunidade de ampliar suas vivências com eles, debater assuntos que os interessam.

Mais um minicurso que vai te ajudar: Dê vida às suas aulas com experiência.

banner-flexibilidade

A diversidade está cada vez mais presente em sala de aula, seja ela de gênero, idade, crenças, culturas e a lista não para por aí! Por isso é preciso que o professor esteja atento às diferentes necessidades presentes em aula para colocar sua empatia em prática.

Entenda um pouco mais sobre o assunto no minicurso sobre Comunicação em Tempos Difíceis – O Poder da Linguagem.

O Espaço da Educação Empreendedora como fonte de conhecimento para desenvolver suas soft skills

Segundo Mariana Marrara Vitarelli, Gestora do Programa de Educação Empreendedora, o Sebrae Santa Catarina acredita que empreender é um despertar individual para o empoderamento, para a adoção de comportamentos e atitudes que possibilitam que as pessoas sejam protagonistas de suas próprias vidas, resolvam problemas de forma criativa e inovadora e impactem positivamente a realidade à sua volta.

As iniciativas do Sebrae/SC junto à Educação Formal fazem parte do Programa Empreendedor do Futuro, no qual são desenvolvidas ações para:

1) professores e gestores que desejam conhecer melhor o universo do empreendedorismo e que queiram aplicar a Educação Empreendedora em sala de aula, buscando formação em metodologias que possam ser aplicadas diretamente com os estudantes dos diferentes níveis de ensino: Fundamental, Médio, Profissional e Superior;

2) estudantes do Ensino Fundamental, do Ensino Médio, da Educação Profissional e da Educação Superior que buscam ferramentas para desenvolver comportamentos empreendedores, para aproveitar oportunidades, gerenciar situações de risco, melhorar processos, criar empreendimento empresariais ou sociais e tornar-se protagonistas de sua caminhada.

O atendimento a estes públicos visa promover a Cultura Empreendedora por toda Santa Catarina.

Para atender a demanda de professores e alunos no que concerne à educação empreendedora, o Sebrae Santa Catarina lançou em 2020 o Espaço da Educação Empreendedora, onde são disponibilizados cursos, minicursos e trilhas de aprendizagem totalmente gratuitos e com certificação. O público pode mergulhar por diversos conteúdos que propiciarão conhecer mais sobre tudo o que permeia o mundo do empreendedorismo.

Além disso, o público é atendido no portal por níveis de ensino, propiciando um atendimento mais personalizado. Acesse o Espaço da Educação Empreendedora e saiba mais!

As instituições de ensino aprovam o Espaço da Educação Empreendedora

“O Espaço da Educação Empreendedora do Sebrae/SC tem sido um grande aliado para a capacitação e formação de alunos e professores na nossa instituição. Com um portfólio diversificado, se adapta a diversas necessidades, com um conteúdo dinâmico e fácil de ser compreendido.” Andressa Sasaki Vasques Pacheco – Professora do Departamento de Ciências da Administração da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

“O Espaço, com todas as soluções inovadoras dentro das mais diversas áreas, têm auxiliado de forma impactante o Empreenduca – Central de Empreendedorismo da UNIVALI, a promover e desenvolver a cultura empreendedora a seus stakeholders”. Gustavo Lima Soares: Professor Empreenduca – Univali e Mileide Marlete Ferreira Leal Sabino: Professora Empreenduca – UNIVALI.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *