Sustentabilidade: transformando resíduos em negócios

shutterstock_145405225

Diversas vezes nos deparamos com notícias sobre o impacto ambiental que grandes e pequenas empresas causam ao descartar seus resíduos. Depois de muita repercussão, as pessoas passaram a olhar o mundo com mais preocupação e ter uma percepção diferente em relação aos materiais que sobram de diversos processos de produção e consumo.

Essa nova ótica tem como base o conceito de economia circular, que rompe a lógica linear de extração, produção, consumo e descarte, introduzindo uma perspectiva de reintrodução dos resíduos nos processos produtivos.

Para colaborar com esse novo cenário, a Lei nº 12.305, criada em 2010 e denominada Política Nacional de Resíduos Sólidos, tem sido implementada com força. A lei destaca a responsabilização de toda a cadeia de produção e consumo pelo destino dos resíduos, o que inclui a implementação de mecanismos de logística reversa.

COMPREENDENDO A LOGÍSTICA REVERSA

A logística reversa consiste no retorno do resíduo ao fabricante do produto, para reaproveitamento ou destinação final adequada.

Vejamos um exemplo abaixo:

EMBALAGENS DE AGROTÓXICOS: o Decreto nº 4.074/2002 determina que as embalagens vazias e sobras de agrotóxicos devem estar especificadas em folheto entregue no momento da compra do produto. Os estabelecimentos comerciais recebem e armazenam as embalagens entregues já higienizadas pelos usuários até a realização da coleta e destinação final pelas empresas produtoras.

INICIATIVA QUE APOSTA NA VALORIZAÇÃO DOS RESÍDUOS

Programa Supermercado Lixo Zero: A Associação Catarinense de Supermercados (Acats) criou, em 2011, o Programa Supermercado Lixo Zero. A rede Hippo, que possui quatro lojas, já alcança 97% de reaproveitamento, destinando os resíduos secos para reciclagem e os orgânicos para compostagem.

Entenda como os acordos setoriais transformam resíduos em negócio. A sua empresa também pode propor o desenvolvimento de um novo acordo setorial. Baixe nosso relatório de inteligência aqui e fique por dentro de todas as informações.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *