Vitrinismo: como captar a atenção de possíveis clientes

O vitrinismo é um conjunto de técnicas utilizadas para compor uma vitrine atraente para o cliente. Todos os elementos da vitrine não estão ou não devem estar naquele ambiente por acaso, cada detalhe deve pensado para atrair a atenção do cliente e fazer com que ele tenha vontade de entrar na loja. Neste material, você vai entender como essa técnica funciona e como aplicá-la ao seu negócio. Confira!

vitrinismo-como-atrair-clientes

O que é vitrinismo?

Vitrinismo é um conjunto de técnicas que são utilizadas na montagem de vitrines, com objetivo de transmitir ideias, sensações ou emoções para quem as observa. Através de uma vitrine, o cliente tem contato com a marca, entende seus valores e quais são os produtos que vende

O vitrinismo é apenas para lojas de roupas?

Essa dúvida é comum entre os empreendedores. Em geral, as empresas que aproveitam melhor os benefícios do vitrinismo são as lojas de roupas. Entretanto, diversos tipos de negócios podem utilizar os benefícios dessa técnica. Todas as empresas que precisam expor seus produtos podem investir em vitrinismo. 

Lojas de decoração, brinquedos, alimentos, acessórios, calçados, produtos de lazer e diversão, entre outros devem usar o vitrinismo como uma estratégia de vendas do negócio. Quando o cliente vê o produto que está procurando, ou tem interesse, em uma vitrine, é estimulado a entrar na loja para ter mais informações e até adquiri-lo. 

5 fatores sobre o impacto do vitrinismo que você deve saber

O impacto de uma vitrine nem sempre é reconhecido pelos lojistas. A falta de informação e conhecimento sobre a técnica pode fazer com que o empreendedor perca boas oportunidades de vendas, pois não sabe como usar o potencial de sua vitrine e de qual forma trabalhar essa comunicação com o cliente. Saiba mais sobre o impacto dessa estratégia:

  • Até 80% das vendas de uma loja podem ser motivadas pela vitrine;
  • 30 segundos é o tempo médio para despertar o interesse do consumidor diante de uma vitrine, segundo o gerente do escritório regional do SebraeSP em Campinas, José Carlos Cavalcante;
  • Clientes buscam identificação, por isso a vitrine precisa ter elementos que conectam a loja ao público;
  • A vitrine é o primeiro contato do cliente com a loja;
  • O sucesso da vitrine depende da exposição correta dos produtos.

Até aqui, você já aprendeu sobre a importância das vitrines, viu que diversos tipos de negócios podem aproveitar os benefícios do vitrinismo e como a técnica pode impactar as vendas. Agora, é hora de colocar em prática. Veja como captar a atenção do público com o vitrinismo a seguir. 

Como ter uma vitrine vendedora em sua loja?

Antes de montar a vitrine de fato, você terá que fazer um planejamento de ações. O planejamento vai guiar todo o processo e te ajudar a se preparar para a montagem da vitrine. É importante passar por essa etapa para que a ação seja feita de forma organizada e para evitar falhas no processo. 

1. Briefing

As vitrines devem ser produzidas de forma periódica, acompanhando as tendências do mercado, as necessidades do cliente e da empresa. Uma forma de guiar as ações é utilizar um calendário de datas comemorativas

Por meio desse documento, você identifica quais são as ações mais interessantes para sua empresa e como vai preparar sua vitrine para cada uma delas. Uma forma de fazer isso com organização é criar um calendário de ações anual. No início do ano você define as datas e um esboço de como será a caracterização de sua vitrine. 

Com isso, será mais fácil definir os objetivos de cada vitrine, o público a ser atingido, ofertas e produtos que vão compor o projeto. 

2. Planejamento

No planejamento, você definirá informações como o período de ativação de uma vitrine, quais os custos que o projeto vai gerar, como será sua montagem, quem serão os responsáveis etc. Se for contratar uma empresa especializada em vitrinismo, por exemplo, o contato e orçamento, bem como fechamento do contrato, devem ser feitos com antecedência.

Ainda no planejamento, você deve buscar referências, fazer pesquisas sobre o comportamento do seu público, reunir informações sobre últimos acontecimentos e outros fatores que podem ajudar no desenvolvimento da sua vitrine. 

Orçamento

O orçamento pode ser definido previamente pela empresa e o projeto é desenvolvido a partir do valor determinado ou pode ser construído ao longo do projeto. Em geral, quando as empresas contratam um especialista em vitrinismo, o fornecedor apresenta uma estimativa de valores ou a empresa informa quanto pretende investir. 

Antes de definir os valores, aproveite a sua pesquisa e faça o levantamento de alguns custos. Isso te ajudará a ter valores mais reais. 

Apresentação do projeto

A apresentação pode acontecer em duas situações. A primeira é quando uma equipe é definida para desenvolver o projeto e apresenta o planejamento para a direção da empresa. A segunda é quando um profissional especializado é contratado. O especialista vai construir o projeto e apresentá-lo a empresa. 

Nessa etapa, a empresa pode aprovar o projeto ou solicitar adaptações. 

Aquisição de produtos

Uma vitrine é montada com os produtos que a loja quer expor, mas também conta com adereços e outros itens que aumentam a identificação do cliente com a marca. Assim que o projeto é a aprovado, os prazos devem ser acompanhados para garantir que os itens serão adquiridos dentro do prazo, entre outros detalhes. 

Montagem

Após tudo aprovado e comprado, a montagem será a última etapa. Os períodos de montagem, a definição de quem vai trabalhar nesse processo, entre outras informações já devem ter sido definidas. A última etapa consiste apenas no processo de montagem. 

7 conceitos de vitrinismo que um bom projeto deve seguir

Além do desenvolvimento do projeto, alguns conceitos de vitrinismo são fundamentais para criar uma vitrine atrativa para o cliente. Listamos os principais a seguir. Confira!

Menos é mais

Não é o volume de itens ou o excesso de informação que vai atrair o seu público. Pelo contrário, especialistas em vitrinismo afirmam que a poluição visual é um erro comum, que pode prejudicar a loja. 

Se você tem muitos produtos para expor, evite adicionar muitos elementos na vitrine e agrupe os produtos para fazer uma melhor distribuição. Reduzir o tempo de exposição também pode ajudar. 

Critérios de exposição

Uma boa vitrine deve ter produtos estratégicos, que conversem com o perfil da loja e seu cliente. Prefira trabalhar com poucos itens que representem o que a empresa vende. 

Periodicidade

Não existe regra para o tempo de exposição de uma vitrine. O que os especialistas recomendam é que o projeto não fique mais de 15 ou 30 dias sem nenhuma mudança. Mesmo que o objetivo seja manter alguns produtos por um prazo maior, é indicado trocar alguns itens para transmitir a sensação de novidade. 

Distribuição

Evite deixar os produtos no chão, isso pode desvalorizá-los. Coloque-os sempre a uma altura de 1,60m do piso da vitrine. Isso facilita a visualização. Se a sua vitrine for grande, trabalhe de forma intercalada, com diferentes alturas. 

Visual

O ambiente interno da loja deve estar alinhado com o projeto de vitrinismo. A disposição física dos itens que compõem a planta da loja, a organização dos equipamentos, os móveis, pintura, parede, pisos, áreas de circulação e outros fatores devem estar em harmonia com a vitrine. 

O cliente que for atraído pela vitrine vai olhar para dentro da loja e ver se o estabelecimento oferece algo a mais. Por isso, todo ambiente deve estar alinhado. 

Cores

Atente-se para as cores que representam o público daquela ação. Se a sua empresa vende produtos infantis, cores vivas e alegres, além de uma paleta colorida, ajudarão a atrair a atenção do público. 

Iluminação

A iluminação deve favorecer os produtos da vitrine. O direcionamento deve ser feito de forma que conduza o consumidor ao produto. Por isso, cuidado na hora de utilizar esse recurso. 
Quer outras dicas para aplicar em sua loja e melhorar suas vendas? Continue acompanhando os conteúdos no blog do Sebrae/SC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *