Você conhece seu público-alvo?

Abrir o próprio negócio pode ir de sonho a pesadelo se você não fizer um bom planejamento. E conhecer o público-alvo, ou seja, quem são seus clientes, é primordial. Afinal, como você vai vender seu produto ou serviço se você não conhece quem quer comprá-lo?

É fácil perder dinheiro com anúncios grandiosos mas que, muitas vezes, não atingem ninguém. Assim como você pode perder tempo e esforço tentando falar com várias pessoas e no fim não falar com ninguém. Quer um exemplo de como isso é fácil de acontecer? Leia a história abaixo:

Um vendedor da Coca-Cola volta de uma temporada no Egito e conversa com um amigo sobre a dificuldade que teve por lá.

O amigo pergunta:
– Por que você não conseguiu ter sucesso com os egípcios?
O vendedor disse:
– Quando eu fui designado para o Oriente Médio, eu estava confiante de que conseguiria vender muito bem nas áreas desérticas. Mas havia um problema, eu não sabia falar árabe. Então, pensei em criar uma sequência de três cartazes para transmitir minha mensagem de venda.

Primeiro cartaz: Um homem caído na areia do deserto, totalmente exausto, a ponto de morrer de sede.
Segundo cartaz: O homem bebe uma Coca-Cola.
Terceiro cartaz: Nosso homem, agora completamente recuperado.

Então, mandei afixar estes cartazes em todos os lugares.

– Bem, me parece que isso deveria ter funcionado muito bem, disse-lhe o amigo.
O vendedor respondeu:
– É… eu só não sabia que os árabes lêem da direita para a esquerda!!!

Saiba com quem você está falando, pesquise seu público, saiba o que ele quer, onde ele está, com quem ele conversa e o que ele gosta de fazer. Não pode investir em pesquisas? Vá pessoalmente, observe-o! Tire alguns diapara fazer isso, e no final você verá que não perdeu um dia mas ganhou meses e até anos de benefícios para os seus negócios.

Tenha sempre canais de comunicação acessíveis para seus clientes darem sugestões e exporem suas necessidades perante seu serviço ou produto. Assim você saberá o que está dando errado e poderá ajustar. Ou você acha que o cliente tem sempre razão apenas no provérbio? Lembre que no final das contas quem dá o retorno financeiro para sua empresa são eles, os clientes.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *